Voltar

Como te dizer agora
O que nem mesmo entendo
E fazer você voltar
Voltar?
Sim, mas não pra mim
E quando eu for embora
Não fique aí parada
Pois já te esqueci
Esqueci teus olhos
Que um dia foram tão doces
Que um dia me fizeram sorrir
E Olhar em volta
Quando mais queria
Mais tentava
E mnão conseguia
Esquecer quem me fez sofrer
Por tanto tempo
Agora exíguo
Agora durmo em paz
Esquecendo quem sou
Sem sua sombra sobre mim
Digo então agora
Ao seu bello rosto de pedra
Adeus
Até a próxima.
(20h23min – 12/03/06
17h35min – 25/01/2010)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s