Delírio pt 3

Grandiosa Imperatriz de delírios
Em seu palácio vou estar
Cedo ou tarde
Para realizar seus sonhos
O Imperador de suas vontades
Sempre ao seu lado
Mesmo distante
Distante de seus olhos
Distante
Em seu coração e pensamento
Assim como estás comigo

Meu amor
Temo dizer que tenho que partir
Mas não vou te esquecer
E quando voltar
Você vai estar ainda mais bela
Adoro-te
Agora
E sempre

Onde está você quando quero te ver?
Onde está quando te quero ao meu lado?
Onde estão todos
Quando não há mais ninguém por perto?
Pra onde vai o sol
Quando a noite chega?
Pra onde vão as estrelas
Quando o sol nasce?
Pra onde vai minha alma
Quando me perco em seu abraço?
Para onde vão os restos
Do que um dia eu fui
Quando renasço em seu beijo?

Não estou só
Apenas me sinto assim
E aquilo que você falou
Sua doce voz
Ainda consigo sentir em meu peito
Tenho milhões de coisas pra dizer
Mas quando a vejo perco as palavras
Não consigo organizar meus pensamentos
Apenas observando seu rosto
Seus olhos de um brilho cálido
O néctar dos deuses nos lábios

Tentei como um poeta louco
Escrever milhares de cartas
E compor milhões de poemas
Sobre o que sinto e o que vejo
Mas duas palavras não me saem da cabeça
Amo-te!
(23/04/06 – 23h12min
19h28min – 24/06/2010)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Contos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s