Escuro

Eu que sei tantos versos
Tantas rimas de amor
Não sei dizer
O que realmente interessa
Tudo é tão diferente
Do que um dia imaginei
E não sei mais
Se meus sonhos
Tornar-se-ão reais
O tempo passa rápido
E não posso acompanhar
Seus passos no escuro
(08/05/2006 – 20h49min
16/07/2010 – 17h46min)

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Poesias

Uma resposta para “Escuro

  1. Olá,
    Qual é a autoria desse poema?

    @luciuxlynx – Olá, todos os poemas e contos do blog são meus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s