Confusão e Pensamento

Minha mente está confusa
Só que agora é diferente
E o que você me disse
O que pensava ser tão brando
Como o fogo em meu peito
É tão vago e finito
Como as folhas que caem
E que depois o vento sopra
Se sozinho estou
Se não tenho o que me prenda
As pessoas ao redor
Então tenho que partir
Sei que não faço falta
Sei que não sou nada
Perto de tantas almas loucas
Encontrarei outro caminho para seguir
Mas não se preocupe
Nos veremos denovo
Na mesma esquina em que nos conhecemos
Por isso
Até Logo.
(01/06/2006 – 20h50min
05/10/2010 – 10h20min)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s