Aline


O que pede não poderia dar
Não sei se tenho o tempo que precisa
Já que o mesmo me falta pra viver
Amores antigos me tomam de assalto
E a velha idéia ainda me assombra
Porque fugiu se ainda sou a direção de teus olhos?
Não sei o que dizer
Não sei o que pensar
Se a culpa foi resto de uma decisão impensada
Pede perdão, mas não posso aceitar
Peço perdão, mas não sei se me é direito
Não me procura e esquece que me tens nas mãos
Em meu coração palpita a dúvida
Já que por muito tempo fiquei
Por sua causa
Com meu sentimento duramente reprimido
Nunca deixo de amar uma mulher
E já amei tantas…
Sinto saudade daquelas tardes frias
Que esperava dias para vê-la
Nas quais falava tanto
E eu não entendia nada
E que deixei de dizer a única frase
Que me vem de tudo o que me disseste
Do que ainda sinto sepultado em meu peito
Ich Liebe Dich
(25/06/2007 – 19h17min
28/11/2010 – 00h20min)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s