Até o Sol Nascer


Doce Lua branca e tão cheia
Banha-me com teu toque suave
Diga-me o que não sabes dizer
Protege-me com teu brilho cálido
Doce lua de prata
Traga-me minha mais bela rosa
Ofuscando as estrelas com tua beleza
Transformando meus sonhos
Puros devaneios tão sinceros
Como minhas objeções sem sentido
Em frases de amor indiferente
Diferente das suas idéias
Inexistentes
Se por ta crescente fuga
Deixa-me confuso
Perdido em pensamentos
Venha até mim rosa querida
Banhada pela lua tão branca
Míngua minhas dúvidas
Até o sol nascer
(??/2007
11/12/2010 – 02h11min)

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Poesias

Uma resposta para “Até o Sol Nascer

  1. Pingback: Silencioso e Sombrio « Hermetic Rose

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s