Vidro


Mostre-me algo
Que me faça entender
O que não posso dizer
Será que o Castelo
De Vidro
Que construo pra ti
É forte por nós dois?
Ou cairei no erro uma vez mais?
Preciso de algo que não compreendo
E não sei onde procurar
Terá você a paz que tanto preciso?
Faça-me acreditar que meu sonho é real
Pois não sei mais se estou sonhando
Ou se estou acordado
Não sei mais nada, não tenho mais nada
Apenas o castelo de Vidro que fiz pra ti.
(26/03/2009 – 7h23min
15/12/2010 – 20h43min)

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Poesias

Uma resposta para “Vidro

  1. gisselda

    A profundidade das palavras se fundem com a incerteza do ser humano,provocando textos inocentes que desvendam os sentimentos guardados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s