Seu Mundo


Chove
É o seu rosto que vejo
No vidro da janela?
É o sopro do seu hálito doce
Que maltrata as folhas das árvores?
Sua sombra se arrasta na ventania
Levando o que sobrou de minha alma
Tenho que esquecer
Me diga como
Traga até mim seu mundo
Faça do seu desejo minha vontade
Sabe o quanto me importo
Sabe que não me importa
Ficar aqui fora e esperar
Esperar
Só pra ver a luz que carrega
Em seus olhos
Azuis
Atrás das lentes que afastam
Meu mundo do seu
Veja o que não consigo ver
Me faça entender o que não posso sozinho
Se não souber responder
Apenas sorria
Pois sofro quando você sofre
Quando vc entristece sou eu quem chora
Traga de volta meu sol
Seja a lua que ilumina meus passos
Enquanto te procuro em noites
Incontáveis e inconstantes
Que passo acordado
Ou que sonho com teus olhos
Sobre mim
A me vigiar
O que quero viver
Vejo em você
Embale meus sonhos
Na leveza de sua alma
Adormeça meus sentidos
Com a doçura incólume
De teus lábios
Aqueça meu coração
Com teu abraço
E me tire dessa fria tempestade
A qual me perdi tentando seguir teus passos
(26/05/2009  – 18h04min
19/12/2010 – 14h47min)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s