Pequena


Oh, pequena dama de olhos de estrela
Ilumina meus passos nessa estrada escura
Traga o calor de teu peito ao meu tão solitário
Seja sempre minha doce donzela
Para que eu possa ser seu eterno namorado
(21/12/2009 – 15h37min
22/12/2010 – 12h14min)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s