Luz


De Luz e Luas se faz,
De vento e em tempos se vêem
De poesia se alimenta
De versos se infla
De todos nós
Nossas maiores alegrias
De vós
Só o que os corações podem guardar
De resto
A palavra que falta e o verso que soa
(12/02/2010
25/12/2010 – 21h29min)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s