Coroação


O crepusculo cai sobre o velho Aeon
O vento leva as cinzas do que restou
Velhos rumores se apagam
A águia encerra sua força
Os deuses negros de outrora
Adormecem sob a luz da nova aurora

Aquele vindo de outras eras
Desperta de seu sono eterno
E reivindica o que lhe é direito
Recebe o que lhe foi herdado
A glória e o poder que já tivera

Longo o caminho e grande seu sofrimento
Equivalencias de tantos dias
Incnstancias de tantas noites
Para chegar as pétalas provou os espinhos
De tantas uvas fez-se em doce vinho

O sol do novo Aeon vem com as chuvas
Garoas de um céu que se emociona
Ecos de um sol ainda novo
Ilumina a manhã dos novos tempo
Sob este céu e sobre esta terra
O leão branco é novamente coroado
(28/02/2010 – 12h49min
24/12/2010 – 12h44min)

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Poesias

Uma resposta para “Coroação

  1. Pingback: Coroação « Hermetic Rose

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s